O que é Growth Hacking e Como Usar no Seu Negócio

Ter uma Mentalidade Growth Hacking Pode Fazer Muita Diferença em Seu Negócio Digital

Se você quer saber o que é growth hacking convido a ler esse artigo até o final, onde explico o que significa essa expressão e como pode ser uma boa ideia usar esse conceito para alavancar seu negócio digital.

O que é Growth Hacking e Como Usar no Seu Negócio

Ser um empreendedor digital implica além de criar um negócio na internet, também se comprometer a conhecer novos conceitos e estar sempre disposto para reciclar o aprendizado.

Como o mundo digital e do marketing é muito dinâmico, a cada dia surgem novas possibilidades e novas formas de deixar o negócio mais profissional, aumentando, e muito, as possibilidades de ganhos.

Claro que quando se fala de marketing digital, o mercado americano está anos luz a frente do nosso, e é por isso que temos sempre que ficar de olho no que anda acontecendo por lá para adaptar ao nosso mercado.

Como eu sempre falo, sei que a maioria dos leitores aqui do blog são empreendedores digitais solo, e às vezes alguns assuntos podem parecer demais para quem trabalha sozinho.

Porém, uma coisa que eu aprendi ao longo dos anos é que todo conceito é válido para qualquer tipo e tamanho de negócio.

Claro que as ações podem ser diferentes para quem tem uma indústria de automóveis e para quem tem um blog de emagrecimento, mas a ideia central sempre pode fazer alguma diferença para o crescimento.

Por isso, sempre que você ler/ouvir falar de algo novo, pesquise e veja se dá para usar a ideia para melhorar seu negócio.

O Que é Growth Hacking e Como Isso Pode Fazer Você Vender Mais

O Que é Growth Hacking

Growth Hacking é um termo em inglês que pode ser traduzido como brechas/oportunidades (hacks) para crescimento (growth).

Foi desenvolvido e criado por Sean Ellis e nasceu de suas experiências e resultados obtidos por várias empresas que passou como consultor de desenvolvimento.

Colocando o termo o que é Growth Hacking no microscópio podemos entender que a base do conceito se fundamenta em usar o marketing para encontrar locais da empresa que ofereçam chances de crescimento.

E, trazendo o conceito para o marketing de afiliados, não tenho medo de dizer que podemos comparar com o famoso: “Marketing digital é TESTE”.

Porque basicamente essas brechas/oportunidades são percebidas como possibilidades, e acabam passando por experiências para saber se realmente podem melhorar os resultados da empresa.

Segundo Ellis, Growth Hacking é marketing orientado a experimentos, e com isso podemos colocar a palavra “experimentos” como testes que são feitos e avaliados para depois serem implantados efetivamente.

O termo “hacking” pode levar erroneamente a acreditar que esse conceito e práticas têm haver com hackers, mas isso não é verdade.

Apenas o conceito pode ser comparado, pois os hackers tentam encontrar brechas em sistemas para invadi-los e os growth hackers tentam encontrar brechas em departamentos que possam melhorar a performance da empresa.

O Que é e o Que Faz Um Growth Hacker

O Que é e o Que Faz Um Growth Hacker

Lógico que esse conceito para ser bem aplicado teria que ter uma pessoa especializada para praticá-lo.

Assim, nasceram os Growth Hackers que, segundo Ellis, são pessoas com capacidades diferenciadas para enxergar essas brechas de crescimento dentro dos departamentos das empresas.

Sean Ellis percebia que depois que ele saía de uma empresa ela parava de crescer e de aplicar os conceitos que ele havia ensinado e usado, e por isso decidiu que seria preciso treinar funcionários para essa função.

Porém, não existe uma formação específica para o Growth Hacking, o que existe são habilidades mais aguçadas, onde o profissional precisa além de entender bastante de marketing, conhecer processos, tecnologia, metodologia de experimento e psicologia do consumidor.

Por incrível que pareça, uma coisa que eu sempre falo aqui no blog, é fundamental para conseguir ser um bom growth hacker: o conhecimento profundo da jornada de compra e também do público alvo.

A Base do Funil de Growth Hacking

Assim como existem os funis de vendas, também existe um funil para a prática correta de o que é Growth Hacking, que foi criado por Dave McClure e batizado de “funil do pirata”:

  • Aquisição: Práticas para conquistar novos clientes.
  • Ativação: A meta para entregar a primeira experiência boa aos clientes.
  • Retenção: Aqui os clientes estão gostando do seu produto e continuando a usá-lo.
  • Receita: Aqui os clientes estão gerando faturamento para a empresa.
  • Indicações: Aqui os clientes chamam amigos e conhecidos para serem clientes também.

Trazendo esse funil para o empreendedor solo que trabalha no mercado de afiliados podemos destacar os seguintes princípios:

Aquisição

Normalmente usamos páginas de captura para atrair pessoas para nossa lista de e-mail marketing.

Ou então, colocamos espaços em nossos blogs para que as pessoas cliquem e coloquem o e-mail.

Essas são as formas mais comuns de atração de novos clientes, mas também podemos colocar nessa categoria os anúncios pagos que vão para paginas de vendas, ou ainda os impulsionamentos de posts que levam as pessoas para mini sites e artigos no blog.

Ativação

Sem dúvida essa parte tem haver com a entrega da isca digital, que é o primeiro contato que as pessoas têm com nosso conteúdo e trabalho.

Quando conseguimos criar uma isca realmente relevante, automaticamente atraímos a pessoa para conhecer mais do nosso trabalho, visitando nossas redes sociais, ou assistindo vídeos e lendo artigos.

Perceba que sem conhecer MESMO o público podemos criar uma isca ineficiente e com isso não teremos pessoas interessadas na nossa oferta.

Retenção

Podemos traduzir essa fase como o momento que o público está interessado no nosso conteúdo, já conhece a nossa oferta paga, mas ainda não fez uma compra.

Porém, apesar disso continuam comentando nos artigos, assistindo aos vídeos e consumindo o conteúdo gratuito que, se fizermos o trabalho corretamente irá ajuda-lo a dar o passo definitivo de aquisição da nossa oferta.

Receita

Nessa fase a pessoa já comprou nossa oferta, e se continuar a seguir nosso conteúdo poderá até adquirir novos produtos através de nossa indicação.

Quando falamos de produtos que são vendidos por assinatura, aqui começa a geração de uma renda passiva e é importante manter o interesse do público na oferta, para não haver cancelamentos e pedidos de reembolso.

Indicações

Quando o público gosta tanto da nossa oferta que indica para outras pessoas, trazendo novos compradores.

Perceba que nessa fase a satisfação do público tem que ser 100%, para que ele tenha vontade e sinta motivação para indicar nossa oferta para outras pessoas.

Como Usar o Conceito de O Que é Growth Hacking Para Vender Mais?

Se você prestou bem atenção no funil que foi descrito acima, já deve ter percebido ONDE podemos encontrar as tais “brechas” de crescimento no negócio de afiliados.

E, se você tem um negócio online, já até aplicou o conceito de o que é Growth Hacking sem perceber quando adequou uma headline de anúncio, ou trabalhou melhor o SEO de um mini site para posicionar melhor.

É justamente isso que o Growth Hacking faz, percebe locais onde podemos melhorar a performance do que está sendo para melhorar os resultados.

Esses locais podem ser o formulário de captura que pode ter menos campos para preencher, facilitando o cadastro, como também pode ser uma mudança sutil de palavra chave em um artigo para deixar mais otimizado.

A forma de perceber essas brechas e ver o que pode ser mudado/melhorado, é o princípio básico de o que é Growth Hacking e precisa de alguns parâmetros para ser feito do jeito certo.

Princípios Básicos do Growth Hacking

Quando percebemos que existe algo que pode ser mudado/melhorado, também podemos ter uma sucessão de ideias para fazer isso.

Dentro desse brainstorm de ideias, precisamos levar em conta 3 princípios básicos antes de sair mudando alguma coisa em nosso negócio:

1 – Custo/Complexidade Para Implantar a Mudança

Vamos supor que você queira mudar de plataforma de e-mail marketing porque percebeu que outros serviços podem entregar muito mais mensagens que o seu atual.

Quanto custará o novo serviço? Qual será a dificuldade para migrar sua lista para lá?

Sempre é preciso analisar esses pontos, pois se uma mudança for acarretar em muito mais despesas sem uma certeza de retorno, pode ser inviável a mudança.

Da mesma forma se você precisar subir mais de 5 mil e-mails de forma mecânica, o trabalho pode não compensar uma diferença mínima de entrega de e-mails.

2 – Quais São as Chances de Sucesso

Outra análise importante dentro do conceito, você precisa saber a porcentagem de chance de sucesso que essa mudança trará para seu negócio.

Imagine depois de migrar mais de 5 mil e-mails mecanicamente você perceber que o novo serviço de e-mail marketing entrega a mesma porcentagem de mensagens que o serviço anterior (frustrante não?).

3 – Impacto nos Resultados

QUANTO de diferença a mudança trará para seu negócio?

Essa é uma das principais perguntas a serem respondidas dentro do processo de Growth Hacking, pois é justamente para melhorar resultados que isso é realizado.

Como você viu, o Growth Hacking é uma forma de pensar fora da caixa e tentar encontrar em processos diários da sua empresa, locais onde possa haver otimização para melhora de resultados.

Novamente, se você é empreendedor solo e trabalha como afiliado esses locais podem estar dentro das suas práticas de marketing, ou até mesmo na hora de fazer um vídeo de conteúdo para o público.

O que realmente importa é saber encontrar essas brechas de crescimento e procurar otimizá-las sempre levando em consideração os conceitos explicados acima.

Para entender mais um pouco sobre o Growth Hacking assista ao vídeo abaixo onde o Vitor Peçanha da Rock Content explica em detalhes:

Growth Hacking: descubra o que é isso e como a estratégia pode ajudar você

E você? Já sabia o que é Growth Hacking? Já chegou aplicar esse conceito em seu negócio digital alguma vez? Conte sua experiência nos comentários!

Gostou do Artigo? Leia Também:

O que é Growth Hacking e Como Usar no Seu Negócio
4.8 (95.74%) 47 votos

Curtir
Curtir Amei Haha Wow Triste Raivoso
1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *